quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Em algum lugar do passado

video

Somewhere in Time (Em algum lugar do passado) é um filme de 1980, com a direção de Jeannot Szwarc, que retrata a vida de um jovem que retorna ao passado para resgatar uma mulher que, no presente, diz ser o seu grande amor.
Esta bela história de amor e viagem no tempo foi um grande sucesso no Brasil desde seu lançamento, mas curiosamente não fez tanto sucesso nos Estados Unidos. Apesar da fraca bilheteria e críticas desfavoráveis, ele conquistou uma legião de fãs quando foi lançado em vídeo e na TV, e hoje é considerado um clássico, tanto lá quanto aqui.
O filme
O jovem autor teatral Richard Collier (Christopher Reeve), durante a estréia de sua primeira peça na faculdade, recebe de uma velha senhora um relógio, e ela lhe diz: “Volte para mim”. Alguns anos depois, ao sair sem rumo, ele decide hospedar-se no Grand Hotel em Nevada, e fica fascinado ao ver a foto de uma linda mulher na galeria do hotel. Ele descobre que ela é Elise MacKenna (Jane Seymour), atriz famosa que hospedou-se no hotel e lá encenou uma peça em 1912.
Richard fica mais intrigado ainda quando, ao pesquisar na biblioteca da cidade, descobre que ela é a senhora que havia lhe dado o relógio, e que havia morrido mais tarde naquela noite; que Elise era uma jovem cheia de vida e que isso mudou após sua apresentação no hotel, tornando-se reclusa e solitária.
Ele decide então usar as técnicas de auto-hipnotismo e fazer uma viagem de volta a 1912, para encontrá-la. Após muito esforço, ele é bem-sucedido e consegue encontrá-la. Ao vê-lo, Elise pergunta: ‘É você?”, ao que ele responde “Sim”.
Porém, William Robinson (Christopher Plummer), o empresário de Elise, teme que Richard a influencie negativamente e que ela deixe de atuar, e tenta afastá-lo dela. Mas Richard consegue convencer Elise a passear com ele, e aos poucos eles vão se aproximando. Durante a peça, ela improvisa um monólogo dirigido a Richard, na platéia. Isso enfurece Robinson, que faz uma armadilha para espancar e amordaçar Richard nos estábulos do hotel.
No dia seguinte ele consegue escapar e volta ao hotel, onde descobre que a companhia teatral já havia partido. Mas Elise volta e o encontra, e os dois passam sua primeira e única noite juntos. Após pedir Elise em casamento, numa brincadeira ele encontra uma moeda de 1969 no bolso e volta abruptamente ao presente.
Richard tenta em vão voltar a 1912, e vaga pelo hotel por algum tempo, até trancar-se no quarto, onde é encontrado em estado catatônico por Arthur, funcionário do hotel. Quando o médico chega, Richard vê a si mesmo pairando acima de seu corpo, e segue até a luz da janela, onde encontra Elise, que lhe estende a mão.
O relógio paradoxal
Se Richard recebeu o relógio de Elise em 1972, voltou a 1912 e o deu a ela, de onde veio o objeto? Esse paradoxo nunca é explicado.

Christopher Reeve, ator americano muito carismático e (muito lindo por sinal), faleceu em outubro de 2004. Seu papel mais famoso foi como o Super-Homem, numa série de quatro filmes. Após sofrer um acidente que o deixou tetraplégico, passou a liderar uma campanha pela legalização de pesquisas com células-tronco.

A linda trilha sonora é na sua maior parte de autoria de John Barry, mas a música que aparece neste vídeo, que também faz parte da trilha, é a deslumbrante "Rapsódia sobre um tema de Paganini", de Rachmaninov, uma das minhas músicas favoritas.

Em fim, sou fã deste filme, ele é antigo mas é excelente, realmente recomendo para quem nunca assistiu e gosta de histórias de amor. Em algum lugar do passado é a história de um amor que transcende o tempo.

12 comentários:

  1. Parece um filme bonito, gosto de coisas que envolvam viagens no tempo e hipnose - talvez eu veja!

    http://virandoocopo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Eu não assisti,mas é um dos prediletos da minha esposa.Um amor que supera o tempo,legal!

    ResponderExcluir
  3. Axi a fotu li di cima mei hooot mas enfim, gostei do post!!! ;) Essis filmes son bons em tempos de crise na vida...

    ResponderExcluir
  4. Fiquei com vontade de ver esse filme. Obrigado pela dica!!!

    Blog: Cultura Dinâmica - www.culturadinamica.wordpress.com

    ResponderExcluir
  5. Mossa...Eu vou procurar esse filme pra assistir! Parece muito bom... Eu ando na fase de filmes românticos,sabe?
    Vou te segir,ta? Dí sempre que possível vou comentar,se puder fazer o mesmo,agradeço,s não puder,vou continuar comentndo aqui.rs Gostei das coisas que você comenta.
    E vou mesmo procurar esse filme!

    ResponderExcluir
  6. Oi, é sempre um prazer visitar seu blog e ler posts tão interessantes que muitas vezes me prendem a atenção como é o caso desta sugestão de filme que me deixou intrigado pois parece ser mesmo uma bela história de amor com um toque de poesia. Há outros exemplos também muitos bons de filmes assim que contam histórias de amor que transcendem qualquer limite, apenas para citar dois acho que ``Fetiço do tempo`` e ``Amor além da vida`` valem a pena.

    ResponderExcluir
  7. Assisti este filme na época em que foi lançado e adorei,a história, o clima romântico que é dado principalmente pela trilha sonora excelente, acho que vou vê-lo novamente.
    Adoro filmes românticos!!!

    ResponderExcluir
  8. Olá!

    Não conhecia esse filme, mas fiquei com vontade de ver. Vou procurar na locadora! Gosto de filmes clássicos...hehehe \0/

    Abraço

    ResponderExcluir
  9. Sei que o filme é retratado em quadros de pintores famosos, como faço para localizar o pintor da cena do parque????

    ResponderExcluir
  10. Quem foi o autor pintura (pintor) da cena do parque "Em algum lugar do passado"????

    ResponderExcluir
  11. Olá Sérgio, me desculpe, mas eu não sabia que a cena do parque fôra inspirada em algum quadro de pintor famoso...dei uma olhada em trechos do filme no youtube e não me veio à mente nenhum artissta específico. Tenho que olhar o trecho específico (inteiro) para ver se tenho alguma idéia de que artista possa ser. Como sabe que o filme é retratado em quadros famosos??? Não achei nada na net...

    ResponderExcluir
  12. Sérgio
    Por acaso a cena do parque a que se refere está neste trecho?? http://www.youtube.com/watch?v=Q3w-OpaAiT8&feature=related

    se sim, qual parte exatamente?

    ResponderExcluir