terça-feira, 24 de agosto de 2010

200 anos do nascimento de Frédéric Chopin- Estudo op.25 no. 5

Continuando as minhas homenagens ao compositor Chopin e os 200 anos de seu nascimento em 2010, hoje falarei de outro estudo.
Um estudo é uma composição musical para exercitar uma habilidade técnica específica na execução de um instrumento solo. Os estudos de Frédéric Chopin (Op. 10 -1833 e Op. 25 -1837) foram os primeiros a serem vistos como repertório de concerto (pois geralmente serviam mesmo somente para estudo), e hoje em dia são vistos antre os melhores estudos já compostos. Por exemplo, o estudo Op. 25 No. 6 enfatiza a execução de terças na mão direita, o Op. 25 No. 7 se concentra na qualidade cantante das melodias em uma textura polifônica, e Op. 25 No. 10 abrange oitavas paralelas.

Porém, os estudos que mais amplamente admirados são aqueles que transcendem sua função prática e passam a ser apreciados simplesmente pela sua musicalidade. Desta forma, os estudos de Chopin são considerados não somente tecnicamente difíceis, mas também musicalmente expressivos. Em contraste, os estudos de Czerny são geralmente vistos simplesmente como tecnicamente difíceis. Assim, os estudos de Chopin são frequentemente executados em público, enquanto os de Czerny permanecem confinados à sala de estudo.

Este estudo que postei aqui, o Op.25 no. 5, tem uma introdução em que se produz curtos e repetidos acordes dissonantes, por isso ela é conhecido pelo nome de " Nota Errada". Mas o que me impressiona nele é a parte central (ou um segundo tema), que reproduz uma melodia penetrante com a mão esquerda. Esta forma de reproduzir o estudo com " temas" também difere Chopin dos outros compositores de estudos. Provavelmente, são inspirados na estrutra das sonatas de Beethoven, que são divididas em movimentos.
video

8 comentários:

  1. Como você diz num comentário que fez em uma postagem no meu blog "somos companheiros nessa caminhada".

    Tenho um álbum no orkut chamado "Estatuomania" e nele tirei uma foto com Chopin que fica próximo ao Bondinho do Pão de Açúcar no Rio de Janeiro.

    Abração amigo.

    ResponderExcluir
  2. Muito legal sua homenagem ao composito Chopin sinceramente eu nunca ouvir falar e nem custumo ouvir muito esse estilo musical, mas acho legal pessoas como você dedicas a aprender musica, é um boa demostração de como se deve fazer quando se ama a música não como muitos músicos que digo, cantores que estão surgindo agora e que fica só fazendo playback em programas não sabem nem segurar num violão ou então passado a mao em cima de um teclado, os verdadeiros artistas não aparecem na mídia, e não tem o valor que merece.

    Abraço

    Sucesso.

    ResponderExcluir
  3. Não entendo muito de música instrmental, aliás, meus conhecimentos musicais é quase nulo rsrsrs

    Mas fiquei admirado com a qualidade do conteúdo apresentado por você. Escreve com bastante propriedade e transmite segurança para falar do assunto, o que demonstra que tu gostas do que faz.

    Só achei paia o fato de vc ser colorada... mas nem tudo é perfeito!

    ResponderExcluir
  4. Poxa que chique, esse cara era maravilhoso, fazia a gente entrar em orbita e relaxar com sua bela musicalidade.

    http://www.pequenosdeleites.blogspot.com

    bju

    ResponderExcluir
  5. Paty!

    Chopin é um dos meus preferidos!

    Deixei recadinho pra vc lá no I Love Florianopolis. Indiquei também o Morada de Vênus para o Prêmio Sunshine Award. Entra lá para pegar o selinho.

    http://guiemi.blogspot.com/2010/08/selo-premio-sunshine-award.html

    Bjs, michelle.

    ResponderExcluir
  6. ólá Calcanhar de Aquiles, tentei responder p/ vc no seu blog p/ não consegui. Não sabia que existia uma estátua de Chopin no Rio, que legal!

    ResponderExcluir
  7. Paty,

    Essa foto minha com o Chopin fica na Urca aqui no Rio de Janeiro.
    Tirei no mês de janeiro esse ano.
    A foto não ficou muito boa, mas posso passar para você.
    Se puder e quiser visita meu orkut jairolim@hotmail.com e pega a foto no álbum "Estatuomania".

    Ahhh o selo que repassei para você é mais que merecido.

    Abração grande do "Calcanhar" aqui.

    ResponderExcluir